Resumo mensal – #Junho2016

julho 01, 2016

Aqui, nesta sessão fixa do blog, postarei um resumo com os principais acontecimentos do meu mês.

Como eu já havia dito aqui no blog anteriormente, junho é, sem dúvidas, um dos meus meses favoritos de todo o ano! E muito provavelmente a minha empatia escancarada por esse mês está diretamente relacionada ao início das férias e às festas juninas, que é algo que eu também amo! <3 Acredito que o fato de eu gostar tanto desse mês acaba fazendo com que eu automaticamente crie expectativas sobre ele, só que, neste ano, assim como maio, meu junho não foi um dos meses mais felizes de 2016. Tudo porque a necessidade de uma resposta concreta e definitiva do que eu vou fazer da vida quanto aos estudos ao longo dos próximos meses se tornou cada vez maior, para mim e também para minha mãe e meu padrasto – que, por sua vez, me pressionaram bastante a pensar com mais cuidado e precisão sobre o futuro. E, sim, apesar do medo do novo, eu já encontrei a minha resposta e ela já está na ponta da língua! Logo logo compartilharei mais sobre isso com vocês! Mas, ao longo dos últimos 30 dias, também aconteceram coisas leves e que me fizeram sorrir como eventos literários de autores que gosto muito, séries novas que me deixaram viciado e muito, muito mais… Para saber mais sobre o meu mês de junho é só continuar lendo este post porque logo abaixo dividi em parágrafos os acontecimentos mais relevantes do meu mês neste mais novo Resumo mensal do blog, vem comigo! 0/

 

– O assunto que mais se fez presente no meu mês de junho certamente foi o futuro. Sim, ele mesmo! Com a proximidade do fim do semestre na faculdade, a reflexão e, por fim, a decisão do que fazer na outra metade do ano se tornaram cada vez mais necessárias. Após a realização da Av. 2 (nome dado à segunda avaliação do semestre), que consiste em uma prova específica de cada disciplina, e da Av. 3 (nome dado à terceira avaliação do semestre), que se trata de uma prova geral englobando questões de todas as disciplinas (também conhecida como APED), aplicadas ao longo das duas primeiras semanas de junho, sendo que fui super mal em praticamente todas as Av. 2 e super bem na Av. 3, eis que o resultado final chegou! Como reflexo do desleixo com o qual tratei todo esse semestre, fui para a final de três matérias e perdi direto em outras três. E, como eu já tinha mesmo pretensões de cancelar a minha matrícula em função da minha insatisfação e desânimo com a faculdade (o que eu já havia evidenciado no Resumo mensal de maio, que, caso não tenham conferido, podem conferir clicando aqui), que cresceram gradativamente ao longo desse semestre, achei que nem valia a pena fazer as finais e tentar me salvar nessas matérias. Me entristece a forma com a qual conduzi a minha experiência na Unijorge ao longo dos últimos seis meses, eu realmente poderia ter feito diferente, mesmo sabendo que não continuaria, mas o que já está feito não pode mais ser mudado, então… Bom, o que importa agora é que a minha matrícula já foi cancelada e eu finalmente me desliguei por completo dessa universidade. Este mês de julho será bem decisivo para mim, principalmente quanto a planejar o meu futuro, que, acreditem, está mais próximo do que nunca! Muitíssimo em breve vocês irão descobrir do que estou falando! Continuem ligados aqui porque essa grande novidade deve ser revelada nos próximos dias! E eu mal posso esperar para contá-la oficialmente pra vocês! 0/

 

– Sobre o desenrolar de outras atividades que preenchem o meu cotidiano, em junho… Nos dias 08 e 15 (quartas-feiras), aconteceram respectivamente o Final Oral Test e o Final Written Test, os testes oral e escrito do final do semestre, no meu curso de inglês. De acordo com a minha intuição, fui super bem no teste oral e razoável no teste escrito e, felizmente, mesmo com a surra de faltas que marcaram esse meu semestre lá, consegui passar e me tornar apto para dar continuidade ao curso. Mas não, não irei continuar. E o motivo disso também está relacionado à grande novidade que eu mencionei no parágrafo anterior, que vocês logo logo ficarão sabendo… Por um lado, é uma pena, pois ao longo do semestre eu realmente construí uma relação bastante legal com meu professor, Ted (que, no fim das contas, se desligou do Cultura Inglesa porque vai se mudar para o Rio) e também com os meus colegas de classe. Apesar de eu ter constatado que o nível do Cultura Inglesa daqui de Vilas do Atlântico (bairro onde moro atualmente) é bem inferior ao do Rio, foi uma experiência super válida e sentirei saudades! </3 Como eu já havia comentado aqui em algum momento, desde o início do ano passado que eu venho frequentando sessões de fonoaudiologia com o intuito de reduzir uma leve gagueira e disfluência que, com o tempo, comecei a apresentar um pouco mais intensamente na fala. Acontece que recentemente eu me despedi da fonoaudióloga que me acompanhou durante todo esse tempo, Lorena, que eu simplesmente adoro tanto como pessoa quanto como profissional, já que ela passou a atender na clínica apenas às sextas-feiras, dias em que a agenda já está cheia. :/ Mas ontem (dia 30), conheci a minha nova fonoaudióloga, na mesma clínica, que também é um amorzinho de pessoa e aparenta ser uma excelente profissional. Infelizmente teremos apenas um mês e meio, mais ou menos, de tratamento, pois é mais uma coisa que irei finalizar por aqui (mistério, mistério, mistério…), então realmente pretendo dedicar um tempinho a isso ao longo desse curto período de tempo! E, quanto ao longo processo da auto-escola, eis que finalmente temos uma evolução: FI-NAL-MEN-TE iniciei as aulas práticas (eu ouvi um amém?)! A minha primeira aula prática aconteceu no último dia 21 (uma terça-feira) e, nesse primeiro momento, o meu instrutor, Daniel, basicamente me ensinou o que fazer ao entrar no carro, como ajustar o banco, os espelhos e coisas do tipo. Minha experiência com a direção do veículo em si foi bem rápida. Mas ao longo das aulas que vieram a seguir foi pauleira mesmo – inclusive ainda estou tentando me livrar de todo o nervosismo, ansiedade e tensão que sempre me acompanham durante as aulas. Tem sido uma experiência extremamente difícil e desafiadora pra mim, mas ao longo das aulas vou relaxando e evoluindo, se Deus quiser! Ao todo são 25 aulas práticas, hoje (dia 1º) fiz a minha 5ª aula e, a princípio, a minha última aula será no próximo dia 29. O próximo e último desafio nesse processo de aprender a dirigir será a prova prática, que ditará se estou apto ou não para tirar a minha habilitação de motorista… #medo

 

– Embalados pelo clima de São João, no último dia 23 (uma quinta-feira), eu, minha mãe, meu padrasto, minha irmã, minha meia irmã e seus respectivos namorados, Elder e Gabriel, fizemos uma festinha junina aqui em casa. Só pra não deixar a data, que é tão comemorada aqui no Nordeste, sobretudo nos interiores, passar em branco. Na realidade, a ideia inicial de minha mãe e meu padrasto era alugar uma casa em algum desses interiores da vida para que pudéssemos passar a data, mas, como acabou não rolando, fizemos a festinha mesmo. Não foi tão animada, mas foi bem legal, conversamos, demos risada e comemos, ah, se comemos… Haha! Eu não comi taaanto assim porque não sou muito chegado em comidas típicas de festa junina, mas minha meia irmã trouxe um docinho de churros que só Jesus na causa, que perdição! Só de lembrar já dá água na boca… A decoração da casa estava bem bonitinha também, cheia de bandeirinhas coloridas! <3 Apesar de geralmente não curtir muito, São João é uma das épocas do ano que eu mais gosto!

 

– Uma das coisas mais legais que aconteceram em junho foi a chegada de Bruna (que é carinhosamente chamada de Brunão por mim e nossas amigas em comum, rs) à Salvador após um semestre inteiro de estudos em São Paulo. Uma das minhas melhores amigas da vida e da época do colégio, ela se mudou para a terra da garoa no início do ano para cursar Direito e agora só vem pra cá nas férias mesmo, que é o que está acontecendo agora! Ainda é um pouco estranho para mim não vê-la praticamente todos os dias, diferentemente do que acontecia no colégio, mas simplesmente amo quando ela vem pra cá! <3 Pronta para passar um mês inteirinho de férias aqui, ela chegou no último dia 25 (um sábado) e logo de cara eu, ela e nossa amiga Carol (Carolivie), com quem formamos o grupo Meias Zebras, nos reencontramos! E, anteontem (dia 29), eu, ela e nossas amigas Luiza e Catarina (Lu e Cata) também nos reencontramos em uma noite do pijama com direito a colocar a fofoca em dia, filme de terror e brigadeiro! Foram reencontros tão especiais, e que sejam os primeiros de muitos dessas férias, pois quero aproveitar ao máximo a estadia dela por aqui! 0/

 

– Outro ponto alto desse mês que acabou de se despedir foram dois eventos literários maravilhosos que eu tive a oportunidade de comparecer: Os lançamentos e sessões de autógrafos de O Amor Nos Tempos de #Likes, dos autores e booktubers Pam Gonçalves, Bel Rodrigues, Hugo Francioni e Pedro Pereira (Editora Galera Record), que aconteceu no dia 08 (uma quarta-feira) e de Confissões de uma Garota Excluída, Mal-amada e (um pouco) Dramática, de uma das minhas autoras favoritas da vida, Thalita Rebouças (Editora Arqueiro), no dia 19 (um domingo), ambos na Saraiva do Salvador Shopping. Apesar de que poderiam ter sido um pouco mais organizados, os dois eventos foram super legais. Adorei conhecer a Pam, a Bel, o Hugo e o Pedro (Pedrugo <3) e adorei prestigiar Thalita pela milésima vez em mais um lançamento (todos eles são bem amorzinhos), adorei receber autógrafo nos meus livrinhos e adorei poder curtir mais dois eventos acompanhado das meninas da Família Literária (não canso de declarar o meu amor por esse grupo)! <3 Ainda não falei mais detalhadamente sobre esses eventos aqui, mas ao longo dos próximos dias pretendo subir posts apenas sobre cada um deles! Em junho li apenas um único livroO Amor nos Tempos de #Likes, o qual consegui terminar praticamente todo antes do evento para poder comentar sobre com os autores. O livro é uma releitura de clássicos da literatura mundial nos dias atuais e apresenta três contosPróximo Destino: Amor, da Pam, releitura de Orgulho e Preconceito, da Jane Austen; (Re)começos, da Bel, releitura de Dom Casmurro, de Machado de Assis, e 337 km, de Hugo e Pedro, releitura de Romeu e Julieta, de Shakespeare. Todos os contos são lindos e são de uma leitura bem leve e gostosinha, até porque não se estendem muito. Em breve pretendo publicar aqui no blog uma resenha do livro! Mais recentemente também comecei a ler As Coisas Mais Legais do Mundo (apaixonado!), livro de estreia da maravilhosa Karol Pinheiro (que, inclusive, vem autografá-lo em Salvador amanhã, dia 02! Eu tô tremendo, Rosana!), que foi a minha única aquisição literária desse mês. Eu já havia comprado esse livro em pré-venda na Saraiva, mas como os exemplares normais chegaram antes dos exemplares em pré-venda, comprei novamente na loja e depois troco o comprado em pré-venda por outra coisa! Querem uma dica? Nunca comprem livros em pré-venda! É furada na certa! Mais pra frente também posso fazer um post só sobre o livro e outro só sobre o evento!

 

– Também em junho assisti alguns filmes no cinema… No dia 10 (uma sexta-feira), eu e meus migos e migas da faculdade, Camila, Gisele, Bruna, João e Lucas, fomos assistir Invocação do Mal 2 no cinema do Salvador Shopping e foi um dos melhores momentos do mês, sério! O filme em si é bom, achei bem melhor que o primeiro, do qual não sou muito fã, em todos os aspectos e os sustos presentes nesse são realmente maravilhosos, mas o melhor foi que cada um teve uma reação diferente: Eu tomei susto em alguns momentos e chorei de rir em outros, Camila achou tudo tão entediante que chegou a cochilar no cinema, Gisele passou o filme inteiro com uma expressão de preocupada, Bruna chorou de tanto medo e mal conseguia soltar minha mão, João sentiu medo das partes mais bestas do filme e Lucas confundiu terror com comédia, gargalhou o filme inteiro, haha! No dia 19 (um domingo), logo após o evento da Thalita Rebouças, eu e Carol realizamos mais uma de nossas famosas sessões triplas de filmes no cinema. Dessa vez assistimos, em sequência: Alice Através do Espelho, o qual achei razoável, porém bem inferior ao primeiro – e continuo sem entender o motivo dessa continuaçãoComo Eu Era Antes de Você, que me fez chorar horrores (o que é bem raro de se acontecer em um filme) e já se tornou um dos meus romances favoritos de todos os tempos, e Mais Forte Que o Mundo – A História de José Aldo, que, apesar de eu não curtir UFC, é o filme nacional mais bem estruturado e produzido que eu já assisti. Trama foda, enredo foda, direção foda, elenco foda e eu posso continuar falando um aspecto do filme seguido da palavra ‘ foda ‘, haha… No meu mozão Netflix (a cada dia que passa nossa relação se torna mais séria), assisti ao filme Hush: A Morte Ouve, que se trata de um suspense/terror psicológico fascinante, que de fato prende quem está assistindo e que me deixou extremamente tenso do início ao fim! Como já prometido anteriormente, em breve farei um post de filmes assistidos recentemente e os que eu mencionei acima estarão inclusos, podem aguardar!

 

– Quanto à séries, que, falando a real, nunca estiveram tão presentes na minha vida como nesse ano, no iniciozinho do mês comecei a assistir Orphan Black por indicação da minha amiga Patricia, uma série que eu achei que não fosse dar credibilidade e de fato começar a assistir por um bom tempo… Eis que fiquei completamente viciado antes mesmo de chegar na metade da 1ª temporada, assim como aconteceu com Gossip Girl! Nunca havia passado pela minha cabeça que a temática principal da série eram clones e a atriz que dá vida a eles, meu irmão, que mulher maravilhosa, Tatiana Maslany! Amo Sarah, Helena e Cosima, melhores clones! <3 Já assisti as três primeiras temporadas e estou no aguardo da 4ª, que será disponibilizada pela Netflix no próximo dia 15! Mal posso esperar! 0/ Enquanto não tenho novos episódios de Orphan Black para assistir (e nem quero assistir em baixa qualidade em outros sites), comecei a assistir Pretty Little Liars, mais uma série que eu nunca havia assistido e precisava o fazer. Resultado: Tô amando! A série ainda não me viciou tanto, mas ainda assim comecei há pouquíssimo tempo e já estou no início da 2ª temporada! Há na trama um suspense maravilhoso que eu nunca imaginei que houvesse! No momento estou shippando tanto Hanna e Caleb (Ashley Benson e Tyler Blackburn), eles formam um casal maravilhoso! <3 Também estou acompanhando a 2ª temporada de Scream, que estreou na Netflix no dia 31 de maio. Eles estão disponibilizando um episódio por semana dos doze que compõem a temporada e já estou em dia. Essa 2ª temporada está infinitamente melhor e mais tensa do que a 1ª, é um AVC a cada episódio, rs! Quando o assunto é música, no mês de junho o que mais tocou no meu Spotify sem pensar duas vezes foi o novo álbum do Nick Jonas, Last Year Was Complicated. Lançado no último dia 10, inicialmente fiquei em dúvida se esse era melhor ou não do que o anterior, Nick Jonas, de 2014, mas, depois de um repeat aqui e outro ali, pude constatar que SIM, é muito melhor! TouchGood GirlsComfortableThat’s What They All SayUnder You Bacon são as minhas favoritas! Se eu estou viciado? Sim! Se eu quero manter esse vício? Também! Mal posso esperar para garantir a minha cópia física do álbum e poder assistir aos lives de todas as suas músicas com o desenrolar da Future Now Tour, a turnê conjunta do Nick com a Demi Lovato! Gosto muito!

 

E aí, o que acharam do Resumo mensal de junho? Qual dos acontecimentos do meu mês vocês acharam mais legal? Me contem abaixo nos comentários! Eu vou adorar ler e responder vocês! Até o Resumo mensal de julho, que eu espero que seja ainda mais recheado de acontecimentos legais do que esse! Beijos! 😉



Deixe o seu comentário

4 Respostas para "Resumo mensal – #Junho2016"

Larissa - 03 julho 2016 às 23:17

Entrando no blog todos os dias esperando o post novo! Fiquei morrendo de vontade de ter ido ao evento da Thalita, mas viajei no dia :/ Em relação a série só consigo pensar “Cadê Sense8? Não vou aguentar esperar até o natal para ter um episódio”

Responder


Matheus Carvalho Matheus Carvalho - julho 4th, 2016 em 12:36 am • respondeu:

Olarrr, Larissa! Apesar de só termos nos visto pessoalmente uma vez, já sinto sua falta nos eventos literários! E o mais recente da Thalita foi realmente maravilhoso, como sempre é! Como você sabe, essa mulher não permite que seja diferente! <3 Mas espero te ver no da Paula Pimenta no próximo dia 04! 0/ Também estou no aguardo da 2ª temporada de Sense8, ainda mais depois daquelas gravações bapho na Parada Gay de São Paulo! Muito obrigado pela visita e pelo comentário! Posts novos todos os dias de julho, assim espero, rs! Beijos! 😉

Responder

Camila Freitas - 16 julho 2016 às 07:40

Junho foi um mês louco, foi um mês cheio, mas foi um mês MARAVILHOSO! E ainda bem que estive ao seu lado! Triste por você estar saindo da Unijorge e irei ficar sem ti lá, mas feliz por você estar construindo o seu futuro do seu jeitinho. Cê sabe que eu te desejo tudo de melhor nessa vida!! <3 Seria Orphan Black uma das melhores séries da vida? sim.

Responder


Matheus Carvalho Matheus Carvalho - julho 16th, 2016 em 5:33 pm • respondeu:

Que amorzinho você! <3 Eu também sentirei muuuito a sua falta no meu dia-a-dia daqui pra frente e queria poder carregá-la comigo pra nova faculdade, mas você já mora no meu coração (e não é de hoje!), WhatsApp existe (apesar do Twitter ser mais legal) e eu virei pra Salvador nas férias! E, sim, Orphan Black é vida! Tatiana Maslany merece todos os Oscars e Emmys possíveis! E mal posso esperar pela 5ª temporada! 0/

Responder

Papo de Matheus • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por