5 performances ao vivo que mais gostei de assistir no show do Ed Sheeran

Abril 30, 2016
Foto: Reprodução/Ed Sheeran Brasil.

Foto: Reprodução/Ed Sheeran Brasil.

Há exatamente um ano atrás, no dia 30 de abril de 2015, eu e Luiza, uma das minhas melhores amigas que o ensino médio pôde me presentear para a vida inteira, assistimos juntos ao primeiríssimo show do cantor inglês Ed Sheeran no Rio de Janeiro, na casa de show Rio Arena (antiga HSBC Arena), onde com a Multiply Tour, turnê referente ao seu segundo e mais recente álbum de estúdio, (lê-se Multiply), lançado em 2014, apresentou-se para um público de aproximadamente 18 mil pessoas (!).

O show, sem dúvidas o mais especial e memorável da minha lista de shows internacionais já assistidos até então, foi um verdadeiro espetáculo, mesmo que tenha sido uma apresentação bem simples. Sem banda, superprodução e pirotecnia, o britânico de 25 anos, dono de uma carreira já bem sólida e consistente, performou os principais sucessos extraídos dos seus dois primeiros álbuns de estúdio, (Plus) e (Multiply), além de covers e mashups, em aproximadamente duas horas de show, utilizando com maestria apenas de sua voz e seu violão, o que tornou tudo ainda mais intimista, natural e único. No decorrer do show, o cantor também utiliza uma ferramenta extremamente original, que fica alinhada aos seus pés, que ele vai pisando conforme a apresentação das músicas e o instrumento vai gravando fragmentos já apresentados das músicas, mesclando-se ao som que se está sendo cantado no momento, o que é emitido para toda a casa de show, dando um efeito bem legal à apresentação. Isso sem contar que a voz de Ed também é praticamente idêntica quando se faz a comparação entre a voz de estúdio e a voz das performances ao vivo feitas pelo cantor, além de que fica explícito que, quando em cima dos palcos, ele está claramente fazendo o que ama, que é pôr sentimento e emoção em suas músicas e transmitir isso aos milhares de corações que o assistem. O show, digno de encantar e emocionar qualquer um que o esteja assistindo, contou com um repertório recheado de sucessos, incluindo os singles Sing, Don’t e Thinking Out Loud, que já estavam bombando nas rádios de todo o mundo, incluindo no Brasil, na época da primeira e até então única vinda do cantor ao país. Abaixo, em homenagem ao um ano pós-Multiply Tour, decidi reunir as 5 performances ao vivo que mais gostei de assistir no show do Ed, lembrando que os vídeos a seguir não pertencem ao show que eu assisti e sim ao show de estreia do cantor no Rock in Rio realizado em Las Vegas no ano passado, poucos dias após o show no Rio, que manteve praticamente o mesmo setlist do show assistido por mim. Vamos lá conferir esses lives que tanto amei assistir desse ruivo que já pode ser considerado o mais cobiçado do mundo, hehe? 0/

1 – I’m A Mess

2 – Bloodstream

3 – Thinking Out Loud

4 – The A Team

5 – You Need Me, I Don’t Need You

 

No final desse ano, Ed Sheeran lançará seu terceiro álbum de estúdio, que inclusive já está pronto, e logo depois deve sair em turnê mundial divulgando as músicas do trabalho novo. Já estou aqui torcendo para que essa turnê também venha ao Brasil como aconteceu com a Multiply Tour e certamente eu não perderia a oportunidade de ver esse artista incrível ao vivo novamente! E aí, o que acharam das minhas 5 performances ao vivo favoritas do cantor? Qual vocês mais gostaram de assistir? Deixem nos comentários abaixo que eu vou adorar ler! 😉

Papo de Matheus • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por