Saída fotográfica: Praça Mauá/Rio de Janeiro

Abril 19, 2016

Este é o último post referente ao tour turístico que eu e Patrícia fizemos no sábado retrasado (dia 9) por alguns pontos do Rio, infelizmente (#todoschoram). Na semana passada subi aqui no blog posts bem detalhados e recheados de fotos sobre o Museu do Amanhã e sobre a Escadaria Selarón, as duas primeiras paradas do nosso tour, que vocês podem conferir clicando aqui e aqui. Logo o último post dessa série deveria ser sobre a última parada da nossa saída fotográfica, que foi o Parque Lage, parque público localizado aos pés do morro do Corcovado, na rua Jardim Botânico, de onde não conseguimos passar nem da entrada graças à um bendito casamento que estava rolando lá no dia e que fez a visitação do parque se encerrar mais cedo ao público geral. Ficamos desapontados? Ficamos! Desejamos mentalmente que aquele casamento que barrou a nossa visita ao parque terminasse em divórcio? Calma lá, também não somos tão cruéis à tal ponto, vai! Mas tudo bem, afinal oportunidade é o que não vai faltar, e assim que rolar conhecer o Parque Lage podem ficar tranquilos que contarei tudo sobre aqui, viu?

Então como não rolou conhecer o Parque Lage dessa vez e como vimos na Praça Mauá, aonde se localiza o Museu do Amanhã, nossa primeira parada do dia, muitos cenários legais para modelar, por quê não finalizar essa série lindona de posts com um especialmente para as fotos tiradas na praça? Até porque eu não queria que o post sobre o Museu do Amanhã, onde essas fotos poderiam entrar, se tornasse pesado demais para visualização. Falando de forma bem sucinta sobre a Praça Mauá, esta localiza-se no centro da cidade do Rio de Janeiro, à beira da – polêmica – Baía de Guanabara, marcando o início da Avenida Rio Branco e da Zona Portuária. Apesar de não constituir um cartão postal tão característico da cidade, é de grande interesse dos turistas em função da estátua de Irineu Evangelista de Souza, conhecido como Barão de Mauá, industrial pioneiro do Brasil, além de um letreiro todo colorido com a escrita ” Cidade olímpica ”, em função de a cidade sediar os jogos olímpicos e paraolímpicos desse ano, à serem realizados entre os dias 5 e 21 de agosto, e do Museu do Amanhã ao fundo. Vamos aos closes, rs? o/

 

 

Créditos: Assim como nos posts sobre o Museu do Amanhã e sobre a Escadaria Selarón, muitas das fotos desse post foram tiradas pela minha maravilhosa amiga Patrícia, que como já foi mencionado aqui no blog tem um canal mega divertido no YouTube, o Não Seja Menas, que você pode conferir clicando aqui.

E aí, o que acharam do último post sobre esse tour turístico pela cidade maravilhosa? Espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre esses 3 pontos que visitei e de todas as fotos! Tô pensando em marcar uns rolês por alguns pontos daqui de Salvador com uns amigos blogueiros! Por onde vocês gostariam que eu passasse? Me contem nos comentários! Até mais ver! 😉

Saída fotográfica: Escadaria Selarón/Rio de Janeiro

Abril 16, 2016

Dando sequência aos posts sobre o rolê turístico que eu e Patrícia fizemos juntos por alguns pontos do Rio no último sábado (dia 9), é chegada a vez de falar um pouco mais sobre a nossa passagem pela Escadaria Selarón. A Escadaria, que fica entre os bairros da Lapa e de Santa Teresa e que se trata de um dos principais cartões postais da cidade, sempre esteve presente na minha listinha de lugares do Rio que eu gostaria de conhecer, mas sabe-se lá o motivo sempre posterguei essa visita, que é o que faço com quase tudo na vida, ” postergar ”, hahaha… Lembro que sempre ficava encantado com as fotos que via na internet do lugar, fascinado por todas aquelas cores vibrantes e toda aquela diversidade estética que a Escadaria apresenta aos seus visitantes. Como eu havia planejado um roteiro de lugares cult do Rio que eu ainda não conhecia para essa minha viagem mais recente à cidade, obviamente não poderia deixar de fora esse lugar maravilhoso que sempre foi do meu encanto e, finalmente, rolou (eu ouvi um ” amém ”, rs?)! 0/

A Escadaria, obra do artista chileno Jorge Selarón, que inclusive já serviu de cenário para clipes de U2 e Snoop Dogg, foi a segunda parada do nosso tour, logo após a nossa visita ao Museu do Amanhã (que já ganhou um post lindão recheado de informações e fotos, assim como este, que você pode conferir clicando aqui). Assim que chegamos lá, por volta de 15 pras 16h da tarde, não sei dizer ao certo se nos deparamos com mais gringos ou com mais cores, rs. Presenciamos turistas do mundo inteiro, inclusive naturais e moradores da própria cidade, espalhados pelos 125 metros de altura que abrangem a Escadaria, querendo tirar uma casquinha de cada cantinho colorido da construção. Também foi bem legal de se ver músicos de rua, gringos ou não, dispostos em vários pontos da Escadaria, realizando suas performances em variados instrumentos e gêneros musicais, muito provavelmente inspirados pelo colorido da construção, que de fato inspira qualquer um que passe por lá, o que acrescenta ainda mais ao clima urbano e multicultural que conferem à Selarón. É possível encontrar também por lá vários vendedores de artesanato oferecendo aos visitantes lembrancinhas típicas da cidade, como chaves com os principais pontos turísticos do Rio entalhados, azulejos estampados com a sua foto tirada na hora no centro da Escadaria, entre muitas outras coisas. E o legal também é que nas ruas localizadas nas redondezas da construção ainda podem ser encontradas várias pichações lindíssimas, do ponto de vista artístico, que obviamente serviram como cenários de muitos dos closes que vocês encontrarão mais adiante nesse post, hehehe…

E sobre a Escadaria em si, eu simplesmente amei conhecer e fiquei mais encantado ainda! Acho que de todos os pontos turísticos do Rio que já conheci, é o que mais bem consegue representar a cidade, afinal em cada porçãozinha de espaço daquele lugar há uma cor, uma pintura, um detalhe diferente, representando toda a diversidade cultural que é característica da cidade do Rio de Janeiro. Amor demais por essa Escadaria, gente! <3 Vamos às constatações fotográficas de tudo isso, rs? 0/

 

 

Informações gerais sobre a visitação da Escadaria:

Como foi dito anteriormente, a Escadaria Selarón localiza-se entre a rua Joaquim Silva, no bairro da Lapa, e a rua Pinto Martins, no bairro de Santa Teresa. Fica à apenas 5 minutos à pé dos Arcos da Lapa, outro ponto turístico da cidade. A Escadaria possui acesso livre ao público, então não é necessário comprar bilhete de acesso ou algo do tipo. Vale ressaltar que muitos visitantes que já passaram pela Escadaria reclamam de assaltos em suas redondezas, portanto é bom tomar cuidado com seus pertences de valor durante a visita ao local, ok?

Créditos: Assim como no post sobre o Museu do Amanhã, muitas das fotos desse post foram tiradas pela minha maravilhosa amiga Patrícia, que como já foi mencionado aqui no blog tem um canal mega divertido no YouTube, o Não Seja Menas, que você pode conferir clicando aqui.

E aí, gostaram do post sobre mais um ponto turístico da cidade maravilhosa? O que acharam da Escadaria Selarón? Ficaram curiosos para conhecer ou já conheceram? Compartilhem tudo isso comigo nos comentários! Até a próxima! 😉

Papo de Matheus • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por